CODEPAS

A  CODEPAS – Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo –  foi criada pela Lei n°2115 e 1° de dezembro de 1984. É uma empresa pública sob forma de sociedade anônima, onde a Prefeitura Municipal é acionista majoritária com 98,8% do capital social e a Capasemu é acionista minoritária com 1,2% do capital.

Quando criada, na administração de Fernando Machado Carrion, a companhia era uma divisão de transportes da Secretária Municipal de Serviços Urbanos e em 1989, durante o mandato de Airton Lângaro Dipp, foram adquiridos os primeiros ônibus para o transporte de passageiros.

No final de 1993 a CODEPAS desvinculou-se da SMSU (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) e assumiu a forma de empresa pública de economia mista, com sede própria.

Suas contas são controladas e aprovadas por auditoria municipal e pelo Tribunal de Contas do Estado. As compras são efetuadas pela companhia de acordo com a Lei n° 8666/93, lei das licitações.

A CODEPAS conta hoje com, aproximadamente,  200 funcionários todos concursados pelo regime da CLT e uma diretoria formada por 3 diretores.

A Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo trabalha para melhorar a vida das pessoas, incentivando o desenvolvimento econômico e social da comunidade. Por isso, desenvolvemos uma identidade visual, mais dinâmica e humanizada, que através de suas cores apresenta a diversidade da nossa gente, e pela imagem das mãos representa a força do trabalho coletivo.

 

Diretor Presidente
Tadeu Karczeski

Diretor Administrativo-Financeiro
Maroni Fontoura Franco

Diretor Operacional
José Carlos Merlim

Membros do Conselho Administrativo

  • Tadeu Karcezski -Codepas.
    Luiz Galbari da Silva
    Sergio Leandro Ferrari
    Luis Ernesto Barriquel
    Iriel Sachet
    Diego Romani dos Santos
    Cezar Guadanin de Oliveira.

Membros do Conselho Fiscal

  • Heliomar Lara(titular)
    Marili Fatima Pulga da Silva(Titular)
    Ivar Basso (Titular)
    João Roberto Beine(suplente)
    Sergio Loureiro da Silva(suplente)
    José fernando Sachetti (suplente).

CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

O objetivo básico da CIPA é fazer com que empregadores e empregados trabalhem conjuntamente na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

A CIPA também tem por atribuição identificar os riscos do processo de trabalho e elaborar o mapa de risco, com a participação do maior número de trabalhadores e com a assessoria do SESMT